sexta-feira, 12 de março de 2010

Veterinário é como pediatra: um para a vida toda


Hoje foi dia de levar o Ogro no vet para uma revisão. Desde que me mudei aqui para o bairro Mont Serrat, a clínica onde o veterinário dele atende acabou ficando um pouco longe para mim, mas nem penso em trocar de "pediatra"! Para mim, esta é a melhor comparação mesmo: o veterinário do Ogro é como se fosse um pediatra de um filho meu (que eu ainda não tenho)! Pra quem quiser uma indicação, o nome dele é Guilherme Barros.

Como ele é o veterinário do canil de onde veio o Ogro, ele conhece a mãe do Ogro, o pai do Ogro, os irmãos, primos, tios, avós... do Ogro! Foi ele quem fez o pontinho nos olhos do Ogro quando ele tinha 15 dias, foi ele quem aplicou a primeira vacina e deu a primeira dose de vermífugo, fez a cirurgia de castração, enfim, conhece o Ogro muito bem. Não tem nada melhor do que chegar para uma consulta e ele já conhecer todo o histórico do cachorro, saber quais remédios já tomou, como é o comportamento dele.

Uma única vez "traí" o veterinário dele. Foi no mesmo mês que fiz a mudança para cá e estava na hora de fazer o reforço de uma vacina. Na correria acabei indo em uma clínica veterinária aqui perto. NUNCA MAIS!!! Imagina que a veterinária quase aplicou a vacina sem fazer qualquer exame nele antes?! Nossa, com o Guilherme é bem diferente. Ele examina o cachorro inteirinho antes da fincada! Olhos, ouvidos, boca, coração, pulmão, pelagem, temperatura, não escapa nada! E o melhor de tudo é que ele explica para nós tudo o que está fazendo com o cachorro. Tem a maior paciência e adora os animais. O Ogro fica na maior felicidade quando vai lá. Nunca vi cachorro gostar de veterinário! Enquanto o Guilherme está "judiando" dele, ele fica lambendo o doutor!


Well, o que quero dizer é que não tem nada melhor do que ter a sorte de encontrar um veterinário de confiança. Alguém mais foi premiado como eu?


3 comentários:

Luciana disse...

Eu fui premiada com o mesmo ótimo vet. que tu! Ou melhor: o Ogro e a Polly tiveram a mesma sorte!!
Para vacina, até consulto outro, mas para assunto grave só confio no dr. Guilherme... baaaaita cirurgião, já ajeitou a Polly por dentro (castrando, quando teve piometra) e por fora ("fazendo plástica nos olhos", quando teve entrópio)!
... Também fez o "tecking" nos olhos da Polly com poucos dias de vida, conhece toda a família dela (hehehe)...
Bjs, Lú.

Anônimo disse...

Se puder, deixe no meu e-mail (mapiuma@hotmail.com) o contato do Dr. Guilherme. Adoraria conhecê-lo e, quem sabe, tê-lo como "pediatra" das minhas meninas. Desde já agradeço.

Janaína disse...

Puxa, eu não tenho a mesma relação com o vet do Will... aliás tem 2 um homem e uma mulher... o meu problema é com o homem.

Nada de errado com ele em relação aos cães: atencioso, faz todas essas coisas q vc falou na consulta, fez uma ótima castração no Will, nem cicatriz ficou. Mas eu com ele não tem jeito. Eu nem olho pra ele direito. Tudo pq quando o Will era novinho eu perguntava moooooito e ele ria de mim, me respondia meio atravessado, meio debochado. Um dia eu soltei um " e como eu podia saber se nuuuunca tive um cão antes, na vida!?"... ele entendeu o recado, nunca mais fez isso, mas eu já não consegui mais gostar dele.

Acho q tb quando nos mudarmos vai ficar distante pra irmos com o Will lá, então vou trocar de profissional. Qual o endereço desse vet? Me manda por e-mail?

Bjs, valeu!