quarta-feira, 14 de abril de 2010

Resolução de Ano Novo

Ogro curtindo uma sombra e tomando água (Foto: Rafaela Grazziotin)

O Ano Novo já passou faz algum tempo e o próximo ainda vai demorar para vir, mas acho que sempre é tempo de assumir uma nova resolução de Ano Novo!

Como vocês devem saber, o Ogro foi minha grande inspiração para o projeto da PetCreche. Queria que ele – e todos os futuros amigos dele – tivessem um lugar para se divertir junto aos outros cães, com supervisão, carinho e cuidado. Mas, infelizmente, o danado não se adaptou. Ele tem medo de alguns cães, alguns cachorros se assustam com ele, ele tem ciúme de outros, descobri que ele não gosta de latidos, enfim... acabou ficando dentro de casa.

Ele dorme praticamente o dia todo, uma característica da raça. Mas eu queria que pelo menos ele pegasse um ar fresco, tomasse um banho de sol. Eis que, mais uma vez, o Ogro provocou uma mudança na minha rotina. Assumi como minha mais nova resolução de Ano Novo dar uma longa caminhada com ele todos os dias. O bom é que assim eu já movimento o corpitcho também!

Já estou no meu terceiro dia seguido de caminhada. Saio sempre no início/meio da tarde e ficamos em torno de 1 hora e 30 minutos fora. Já no primeiro dia notamos uma mudança incrível no humor do Ogro. À noite até quis brincar com os brinquedos dele, coisa antes bem rara. No segundo dia, levei uma garrafinha de água e ele tomou quando paramos na sombra de uma árvore.

Agora meu objetivo é descobrir lugares novos na redondeza para ir. Se alguém tiver dicas de praças e parques aqui por perto, manda!

3 comentários:

Luciana disse...

Que bom que o Ogro anda mais feliz!!
A Polly melhorou muito quando começamos a fazer caminhadas mais longas (desde que o calorão passou).
Ahhhh, a marronzinha morou aí perto até ter 1 ano e conheceu 2 praças: uma embaixo do Zaffari da Plínio e outra descendo bem a Plínio, em direção ao Carrefour!

Janinha disse...

Achei essa resolução super importante. Será a nossa quando nos mudarmos, até pq o Will terá seu espaço reduzido... mas poderá caminhar o que hoje não fazemos. Ah, e vc matou minha curiosidade de pq o ogro não fica junto na creche... mas esse receio dele não tem como ir "reduzindo" aos poucos tendo pequenos contatos diários, tipo doses homeopáticas?

Bjocas.

Daniele disse...

Adorei a resolução, queria poder fazer isso com a Maya e a Carmela. Mas já no meu caso, não consigo levar as duas ao mesmo tempo e nem sempre meu marido está em casa para passearmos juntos. Fico morrendo de pena de sair com uma e deixar a outra dentro de casa (quem fica, chora muito), então acabo não saindo muito com elas para caminhadas. A minha salvação tem sido a Pet :-) (agora a Rafa vai saber porque elas tem tanta energia na Pet).
Quanto a lugares aí perto, eu conheço um pouco do bairro, e quando frequentava mais, ia a pé até o parcão, tem um lado do parque que nem todos conhecem, que é do outro lado da pontezinha. Lá várias pessoas vão com seus cachorros pra brincar, é bem legal !! Teve uma vez que teve um desfile de cães lá...bárbaro !!
Beijos.